segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Banqueta de Três Pernas

O casamento é como a banqueta de três pernas. Envolve nossa natureza espiritual, emocional e sexual. Para que a banqueta fique em pé, as três pernas devem estar em equilíbrio.
A primeira instituição criada por Deus foi a família. Para criar a mulher, ele tomou um osso próximo do coração de Adão — para que Eva fosse amada e acariciada; de sob seu braço — para que ela fosse protegida e se sentisse sua igual. Não do pé — para que Eva não fosse por ele pisada; nem da cabeça — para que ela não tentasse dominar e subjugar o homem. O plano de Deus é bom.
Temos uma natureza sexual que deve ser satisfeita no casamento. O sexo não deve ser objeto de chacotas, nem deve ser aprendido em becos escuros, mas mediante amor franco e participativo que completa toda a nossa natureza. Devemos adotar método saudável com relação ao sexo. E como pais, somos responsáveis pelo ensino da pureza do sexo em nossos lares.
Como mulheres cheias de graça devemos cuidar do nosso vestir, dos nossos movimentos e do nosso assentar. De vemos ser discretas em todos os aspectos da conduta, sem provocar tentação no coração dos homens através do olhar. Também temos a responsabilidade de ensinar às nossas filhas tudo o que se relacione com o decoro pessoal.

Nenhum comentário:

Jogral

MÃE, A MULHER IMORTAL ........ (6 participantes) 1-2-3 A mulher se integrou completamente 5-6 ...