segunda-feira, 26 de novembro de 2007

FAMÍLIA


1. A família é a base do lar. A família é a célula básica da sociedade humana, instituída diretamente por Deus, mediante o casamento. A família é a base do lar, e o lar é muito mais que uma casa. É a dimensão física que traduz o propósito de Deus ao instituir o casamento através de nosso primeiros pais, Adão e Eva; Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea. (Gen. 2.18) . Portanto, jamais foi desejo de Deus que o homem tivesse uma vida solitária, daí a idéia de fazer-lhe uma companheira, que lhe fosse solidária, e tivessem uma vida em comum e respeito mútuo. O lar torna-se assim a expressão maior da unidade familiar, onde estas qualidades são demonstradas na vida do casal, e no seu relacionamento com os filhos. O que fugir a estes princípios, não pode ser chamado "lar", pois não passa de um ajuntamento de pessoas vivendo sob o mesmo teto, e que geralmente não se entendem.
2. O lar a base da sociedade. As família regularmente constituídas formam estruturas sociais (lares), as estruturas sociais formam comunidades, as comunidades formam as cidades, as cidades formam estados ou províncias, os estados formam os países, e os países formam o globo. Temos portanto a família como a menor estrutura social, mas sendo a base de estruturas maiores. Daí concluímos que famílias (lares) desagregadas, formarão uma sociedade também desagregada. Por esta razão, satanás procura subverter os princípios que regem o lar, pois ele sabe que desta maneira pode destruir a sociedade. Sua estratégia consiste na disseminação da infidelidade conjugal, desrespeito aos pais, falta de diálogo no lar, amor livre entre os jovens e outros valores que ferem a Palavra de Deus.
3. O lar como extensão da Igreja. A palavra "Igreja" significa "uma reunião de pessoas chamadas para fora". Isto é, um grupo de pessoas que saíram de dentro do mundo (espiritual, não fisicamente) para juntos seguirem a Cristo. Todos os crentes de qualquer parte do mundo portanto formam a Igreja, enquanto corpo místico de Cristo. A palavra igreja também se aplica aos crentes de um determinado lugar, isto é, a "Igreja local". Podemos observar na Igreja local, que ela é constituída de indivíduos que pertencem a famílias distintas, que juntas adoram a Deus em espírito e em verdade. Portanto podemos considerar que o lar é uma extensão da Igreja, motivo pelo qual não podemos Ter um "comportamento de crente" no templo, onde a Igreja se reúne, e um "comportamento de incrédulo" no Lar. O bom testemunho Cristão deve começar a ser vivido no lar.

Nenhum comentário:

Jogral

MÃE, A MULHER IMORTAL ........ (6 participantes) 1-2-3 A mulher se integrou completamente 5-6 ...